Saiba Quais os Mais Adequados Tipos de Vinho Para Acompanhar Sushi

vinho-para-acompanhar-sushi

É cada vez mais comum entre os amantes da culinária oriental a escolha de um vinho para acompanhar sushi, sashimi e os demais pratos tradicionais japoneses.

Embora não seja uma harmonização clássica, engana-se quem pensa que é impossível fazer um casamento perfeito entre eles.

Para harmonizar vinhos e sushi com maestria, basta tomar alguns cuidados com alguns ingredientes que são os grandes vilões desta combinação.

Continue lendo para tornar-se um verdadeiro ninja na harmonização de vinhos e sushi e aumente ainda mais o seu conhecimento.


Cuidado com alguns ingredientes

Temos que ficar atentos aos 4 ingredientes que, se utilizados em demasia, podem arruinar a harmonização:

1) Molho Shoyu

Elaborado com os grãos fermentados de soja e salgados por salmoura, o Shoyu foi inicialmente criado para conservar alimentos.

Quem é que não gosta de criar uma verdadeira banheira de Shoyu e afundar os sushis e sashimis dentro? Eu adoro.

Mas, por conta do sal presente em sua composição, este delicioso molho de sabor marcante e intenso pode amargar completamente o vinho, deixando uma sensação bem desagradável na boca.

2) Molho Teriyaki

Também conhecido como ‘Redução de Shoyu’, o Teriyaki é aquele molho doce e com certa textura que normalmente é colocado sobre o atum ou salmão grelhado.

É quase impossível recusar o molho Teriyaki, porém, sua textura, intensidade e doçura podem cobrir todo o sabor leve e sutil de alguns vinhos.

3) Wasabi ou raiz forte

Tempero verde e picante que interfere na percepção de sabores devido à sua característica de afetar as papilas gustativas.

O Wasabi normalmente é oferecido em forma de pasta em uma quantidade bem pequena, justamente para que você não abuse do seu uso e deixe de sentir os sabores mais delicados dos pratos e das bebidas.

4) Gengibre

O gengibre é um dos ingredientes que mais dificultam a harmonização com vinhos.

Seu sabor e aromas intensos, picância e acidez podem diminuir a percepção que temos da bebida.

Portanto, é muito importante utilizar os molhos e raízes com moderação!


Tipos de vinho para acompanhar sushi

O mais importante é pensar que o sushi e outros pratos da culinária japonesa são leves, muitas vezes crus e formados por peixes variados.

Logo, vinhos de estilo igualmente leves e frescos farão a melhor combinação.

Dentre os variados tipos de vinho, para realizar esta combinação eu sugiro:

Porém, há quem não deixe de lado, nem por um instante, os vinhos tintos.

Desta forma, algumas (poucas) opções de tintos também serão apresentadas a seguir:

Vinhos brancos

Dê preferência aos brancos leves de acidez elevada ou aqueles com certa estrutura aromática.

Vinhos das uvas Sauvignon Blanc, Pinot Grigio e Muscadet são vinhos brancos leves com a acidez necessária para encarar os sushis, sashimis e os demais pratos da cozinha japonesa.

Os franceses Chablis e os Vinhos Verdes portugueses também cumprem bem este papel.

Se a sua preferência é por pratos que acompanham molhos e ingredientes picantes ou adocicados (como o molho Teriyaki), vinhos brancos aromáticos das uvas Riesling, Torrontés e Gewurztraminer são os mais indicados.

Vinhos rosés

Um pouco mais estruturados que os brancos, porém, igualmente frescos e ácidos, os vinhos rosés podem fazer bonito, principalmente no acompanhamento dos sashimis e demais ‘peças’ de peixes de carne mais escura.

Vinhos espumantes

Escolha um de boa estrutura, podendo ser branco ou rosé e que seja seco (Brut, Extra Brut ou Brut Nature), evitando os vinhos espumantes mais doces como o Moscatel, por exemplo.

Agora, se você é a favor da elegância e quiser ousar, escolha um Champagne ou os italianos Prosecco e Franciacorta.

Vinhos tintos

Não posso deixar de falar deles, embora eu prefira os 3 tipos citados acima.

Se você não abre mão de um vinho tinto, tente um de corpo leve e de acidez pronunciada, como um Pinot Noir, Boujolais ou demais vinhos da uva Gamay, de preferência sem passagem por barris de carvalho – por serem vinhos mais frescos e frutados.


Conclusão

Mais importante que as sugestões acima, são as suas preferências pessoais.

Faça alguns testes, tente outras combinações e, se você gostar, não se esqueça de voltar aqui e compartilhar com a gente 🙂


Gostou do conteúdo?

Compartilhe esta página com seus amigos 😉

12 Shares:
Comentários
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar