Home/Harmonizações/[Infográfico] Descubra Como Fazer a Harmonização Perfeita Entre Queijos e Vinhos

[Infográfico] Descubra Como Fazer a Harmonização Perfeita Entre Queijos e Vinhos

queijos-e-vinhos



Queijos e vinhos. Uma das harmonizações mais clássicas que existe.

Quem nunca fez em casa uma noite de queijos e vinhos não sabe o que está perdendo.

Estes alimentos são produzidos há mais tempo do que podemos imaginar e entre eles há tanta semelhança, que chego a pensar que nasceram um para o outro.

Ambos são influenciados pelo terroir; sofrem fermentação, maturação e envelhecimento; e alguns são produzidos em regiões que recebem as certificações de origem e qualidade AOC, DO e DOC.

E para a nossa felicidade, existem tantas opções de queijos e vinhos que nos permite testar diversas combinações e nos apaixonar por várias delas.

Você verá neste infográfico 5 grupos de queijos que podem ser harmonizados com vinhos de diferentes estilos e que satisfazem a todos os gostos.

Dos mais secos aos mais doces, dos mais leves aos mais encorpados.

Espumantes, brancos, tintos ou fortificados, sempre terá um tipo de vinho para combinar com seu queijo preferido.

Continue lendo o artigo e descubra as diversas possibilidades de harmonização entre estes dois alimentos tão adorados.



Regras Básicas na Harmonização Entre Queijos e Vinhos

Algumas regras básicas podem servir como ponto de partida para criar uma harmonização prazerosa entre queijos e vinhos.

Entretanto, é importante saber que ambos possuem características próprias que podem mudar de acordo com o terroir, o produtor ou o tipo de matéria prima que foi utilizado.

Além disso, leve sempre em consideração as suas preferências pessoais.

  • Queijos mais frescos e cremosos combinam com vinhos leves de maior acidez
  • Quanto mais duro o queijo, mais corpo o vinho deve ter
  • Queijos muito salgados ou ácidos podem conflitar com os taninos de vinhos tintos mais potentes (Cabernet Sauvignon, Syrah, Tannat)
  • Queijos extremamente salgados, como os azuis, fazem um belo par com os vinhos licorosos e de sobremesa. Neste caso, o contraste doce-salgado é a harmonização mais indicada


infografico-queijos-e-vinhos



Queijos e Vinhos: Como Fazer a Harmonização Perfeita

queijos-e-vinhos

Assim como os vinhos, os queijos podem ser classificados de várias formas.

Os fatores mais utilizados na classificação incluem: origem do leite, métodos de produção, teor de gordura, textura e tempo de maturação.

Uma classificação muito utilizada pelos apreciadores de vinho e que contribuiu para a criação deste infográfico, é sugerida por Juliet Harbutt em seu livro: “O Livro do Queijo” (Editora Globo, 2010).

Para quem se interessa pelo tema, vale muito a pena a leitura livro.



1) Queijos Frescos e Frescos Maturados

queijos-e-vinhos-frescos

Queijos frescos não tem casca, são úmidos e possuem uma textura bem macia de sabor bastante suave. São queijos com menor teor de gordura e pouco calóricos que evidenciam o sabor do leite.

  • Burrata
  • Feta
  • Mascarpone
  • Minas
  • Mussarela
  • Ricotta


Já os queijos frescos maturados possuem uma fina casca coberta por bolor e podem conter determinadas ervas e condimentos.

  • Clochette
  • Saint-Maure de Touraine
  • Valençay


Harmonização sugerida:

Para esta combinação, características como frescor e acidez, tanto dos vinhos quanto dos queijos devem ser equilibrados.

Os vinhos mais indicados são:

Espumantes

  • Nacionais
  • Cava
  • Champagne
  • Franciacorta
  • Prosecco


Vinhos brancos leves

  • Alvarinho (Albariño)
  • Chablis
  • Chardonnay (sem madeira)
  • Chenin Blanc
  • Moscato
  • Muscadet
  • Pinot Grigio
  • Sauvignon Blanc
  • Vinho Verde


2) Queijos de Massa Mole

queijos-e-vinhos-mole

Queijos de massa mole possuem uma fina casca branca e macia, são cremosos por dentro e alguns apresentam sabores amanteigados e levemente salgados.

  • Azeitão
  • Brie
  • Brillat-Savarin
  • Bonchester
  • Camembert
  • Coulommiers
  • Pont L’Évêque
  • Reblochon
  • Serra da Estrela


Harmonização sugerida:

Para esta combinação, o que vale é o equilíbrio entre frescor e acidez dos vinhos e queijos. Os taninos moderados dos tintos leves não conflitarão com o sal presente nos queijos.

Os vinhos mais indicados são:

Espumantes

  • Nacionais
  • Cava
  • Champagne
  • Franciacorta
  • Prosecco


Vinhos brancos leves / aromáticos

  • Alvarinho (Albariño)
  • Chablis
  • Chardonnay (sem madeira)
  • Chenin Blanc
  • Gewürztraminer
  • Grüner Veltliner
  • Moscato
  • Muscadet
  • Pinot Grigio
  • Riesling
  • Sauvignon Blanc
  • Torrontés
  • Vinho Verde


Vinhos tintos leves

  • Beaujolais
  • Gamay
  • Pinot Noir


3) Queijos Semimoles

queijos-e-vinhos-semimoles

Queijos semimoles podem ter a casca seca ou mole levemente pegajosa, dependendo de quantas vezes foram lavadas com salmoura. Sua pasta é pouco úmida, maleável, cremosa e, por vezes, levemente adocicada.

  • Appenzeller
  • Asiago
  • Edam
  • Fontina
  • Gouda
  • Jarlsberg
  • Langres
  • Maasdam
  • Munster
  • Raclette
  • Saint-Paulin
  • Taleggio


Harmonização sugerida:

Para esta combinação, o que vale é o equilíbrio entre os sabores adocicados dos queijos com o dulçor de alguns vinhos brancos e o frutado de alguns tintos.

Os vinhos mais indicados são:

Vinhos brancos leves / aromáticos

  • Alvarinho (Albariño)
  • Chablis
  • Chardonnay (sem madeira)
  • Chenin Blanc
  • Gewürztraminer
  • Grüner Veltliner
  • Moscato
  • Muscadet
  • Pinot Grigio
  • Riesling
  • Sauvignon Blanc
  • Torrontés
  • Vinho Verde


Vinhos tintos leves / médios frutados

  • Beaujolais
  • Barbera
  • Dolcetto
  • Pinot Noir
  • Merlot (sem madeira)


4) Queijos Duros

queijos-e-vinhos-duros

Queijos duros muitas vezes são prensados e cozidos, onde a casca pode ser bem áspera e de cor intensa. A massa além de quebradiça, tem muito pouca umidade. Bons exemplares podem envelhecer e aprimorar seus sabores.

  • Cheddar maturado
  • Comté
  • Emmental
  • Grana Padano
  • Gruyère
  • Manchego
  • Parmigiano Reggiano
  • Pecorino
  • Prima Donna
  • Provolone
  • São Jorge


Harmonização sugerida:

O corpo dos vinhos conta bastante nesta combinação.  Além disso, devemos encontrar o equilíbrio entre os sabores fortes dos queijos e dos vinhos.

Os vinhos mais indicados são:

Espumantes de porte

  • Nacionais
  • Cava
  • Champagne
  • Franciacorta
  • Prosecco

    * Opte pelos espumantes de porte, mais estruturados e, de preferência, elaborados pelo método tradicional para acompanhar os queijos mais duros.



Tintos encorpados

  • Barbaresco
  • Barolo
  • Bordeaux
  • Brunello
  • Cabernet Sauvignon
  • Chianti
  • Malbec
  • Merlot (com madeira)
  • Priorat
  • Syrah
  • Rhône
  • Tempranillo


Fortificados e Sobremesa

  • Auslese
  • Icewine
  • Jerez
  • Late Harvest
  • Madeira
  • Pedro Jimenez
  • Sauternes
  • Spätlese
  • Tokay
  • Vinho do Porto


5) Queijos Azuis

queijos-e-vinhos-azuis

Nos queijos azuis a cura é realizada por bolores que se desenvolvem nas perfurações feitas ao queijo. Sua textura é úmida e seus sabores são intensos. Os teores de sal são bem elevados.

  • Bleu d’Auvergne
  • Cambozola
  • Cabrales
  • Gorgonzola
  • Roquefort
  • Stilton


Harmonização sugerida:

A mais indicada é a harmonização por contraste, onde o sal dos queijos e a doçura dos vinhos andam de mãos dadas.

Os vinhos mais indicados são:

Fortificados e Sobremesa

  • Auslese
  • Icewine
  • Jerez
  • Late Harvest
  • Madeira
  • Pedro Jimenez
  • Sauternes
  • Spätlese
  • Tokay
  • Vinho do Porto


Dicas Importantes Para Harmonizar Queijos e Vinhos

1) Compre os queijos próximo à data do evento e retire-os da geladeira em torno de 1 hora antes de servi-los.

2) Queijos mais leves e frescos combinam melhor com os dias mais quentes. No inverno, prefira os queijos mais fortes de sabores intensos.

3) Tenha uma faca para cada queijo para não interferir nos sabores e opte por tábuas de madeira ou vidro.

4) Ao servir mais de 1 tipo de vinho, inicie pelos mais leves e frescos até chegar aos mais encorpados e doces.

5) Para uma experiência positiva, sirva sempre o vinho na temperatura correta e utilize taças adequadas.





Chegamos ao fim da leitura!

Se você gostou deste infográfico, compartilhe com seus amigos que queiram aprender mais sobre vinhos e deixe seu e-mail abaixo para receber gratuitamente mais infográficos como este.

By | 2017-05-30T06:57:42+00:00 14 junho, 2016|Harmonizações|6 Comments

Sobre o Autor:

Thiago Ross
Thiago Ross é um apaixonado por vinhos, que após viajar ao Chile e Argentina e conhecer de perto a cultura do vinho, decidiu aprofundar-se no assunto e compartilhar o conhecimento com você. Saiba Mais >

6 Comentários

  1. Gerson 26/12/2018 at 17:13 - Reply

    Estou muito satisfeito com as matérias que constam no site. Parabéns, está me ajudando MUITO!

    • Thiago Ross
      Thiago Ross 24/01/2019 at 15:06 - Reply

      Obrigado pelo feedback, Gerson! Fico feliz em ajudar a entender melhor o maravilhoso mundo dos vinhos 😀

  2. Ricardo 24/06/2016 at 13:49 - Reply

    Ótima matéria.Parabéns.

    • Thiago Ross
      Thiago Ross 26/06/2016 at 16:05 - Reply

      Fico feliz que tenha gostado Ricardo!

      Grande abraço e volte sempre 🙂

  3. Rafael Costa 17/06/2016 at 16:14 - Reply

    Espetacular matéria Thiago!
    Mandei uma mensagem para você a instantes perguntando sobre mix de vinhos que devo ter no estoque pessoal, e não citei o quanto sou apaixonado por queijos. Meu interesse por vinhos surgiu juntamente ao dos queijos, no ano em que vivi na França, na região de Savoie. Estas dicas de harmonização serão extremamente uteis.
    Abraços.

    • Thiago Ross
      Thiago Ross 23/06/2016 at 20:11 - Reply

      Olá Rafael,

      Que legal! Espero que aproveite as dicas e faça boas harmonizações entre queijos e vinhos!

      Sobre a mensagem, já te respondi no e-mail.

      Grande abraço!

Deixe um comentário